Intervista con la produttrice Mariana Bergel

Vamos começar pelo passado. O que você sonhava em ser quando você era criança?

Cominciato dal passato. Cosa sognavi di fare da grande ?

As crianças tem tantos sonhos… Pensei em ser muitas coisas, mas acho que a música e a comunicação já pulsavam na minha veia. Minha mãe conta que, antes mesmo de falar, eu já ficava assobiando no berço.

I bambini hanno tanti sogni.. pensavo a tante cose.. ma penso che la musica e la comunicazione pulsavano già nelle mie vene. Mia madre racconta che, prima di parlare, io già sibilavo nella culla !

Quando você realmente quis entrar no mundo da música?

Quando hai capito di voler entrare nel mondo della musica?

Sempre flertei muito com o mundo da música, mas não achava que fosse entrar nele profissionalmente. Tive influências musicais diversas no decorrer da minha vida: música clássica, MPB, Bossa Nova, Samba, música regional (especialmente Tambor de Criola, Cacuriá, Bumba Meu Boi), Reggae, Jazz, e muita música negra brasileira. Sou jornalista de formação e atuei durante 10 anos na grande imprensa brasileira como repórter. Amava o que eu fazia, mas comecei a sentir que o jornalismo convencional estava ruindo, e passei a pensar em possibilidades de novos rumos para minha vida profissional. Bem nessa época, no começo de 2008, conheci o William Magalhães, líder da Banda Black Rio, fazendo uma matéria para o caderno de cultura da Folha de S.Paulo. A BBR, que existe desde 1976 e e é respeitada no mundo inteiro, traz na sua musicalidade um verdadeiro caldeirão de ritmos, que mistura jazz, samba, soul, funk e rap e isso veio muito de encontro com minha formação e gosto musicias, que, como eu disse, é bastante variada. Em outubro de 2008 comecei a trabalhar com a BBR, a convite do William Magalhães. Tive muita sorte, pois além de ele já ter trabalhado com alguns dos grandes nomes da música brasileira, ele estava fazendo um disco da BBR que contava com várias participações de ícones da nossa música. Foi então que, nos dois anos seguintes, além de trabalhar a venda de shows, a produção executiva, a elaboração e a realização de projetos e a assessoria de imprensa do grupo, fui responsável pela coordenação de produção artística do CD Super Nova Funk Samba, da Banda Black Rio, que contou com a participação de artistas como Gilberto Gil, Seu Jorge, Chico César, Elza Soares e Mano Brown, no decorrer de 2009 e 2010.

Ho sempre “flertato” con il mondo musicale, ma non avrei mai detto di poter entrarci professionalmente. Ho avuto diverse influenze musicali nel corso della mia vita: musica classica, MPB, bossa nova,samba, musica regionale brasiliana ( specialmente Tambor de Criola,Cacurià, Bumba meu Boi) Reggae, jazz e molta black music brasiliana. Di formazione sono una giornalista e ho lavorato per 10 anni come reporter. Amavo quello che facevo, ma ho cominciato a sentire che il giornalismo convenzionale si stava deteriorando, e ho cominciato a pensare a nuove possibilità per la mia carriera. All’inizio del 2008 , conobbi William Magalhaes, lider della famosa band brasiliana Black Rio, durante un’intervista per il quotidiano “Folha de S.Paulo”. A Banda Black Rio , che esiste dal 1976 e è rispettata in tutto il mondo ,offre una miscelanza di ritmi jazz, samba,soul ,funk e rap e questa fu l’occasione per accendere il mio interesse. Nell’ottobre del 2008 cominciai a lavorare per la Band Black Rio sotto invito di William Magalhaes. Ebbi fortuna perché la band stava registrando un album all’epoca che contava di molte collaborazioni di artisti famosi della musica brasiliana. Cosi’ due anni dopo, oltre a lavorare per vendere gli shows della band ,nella produzione esecutiva e ufficio stampa della band stessa, mi trovai a coordinare la produzione artistica del disco “Super Nova Funk Samba “ che contava della partecipazioni di artisti come Gilberto Gil,Seu Jorge, Chico Cesar,Elza Soares e Mano Brown .

Como nasceu a Boia Fria Produçoes e por que a escolha do nome? Você produz artistas de qual estilo musical? Sabemos que Brasil é cheio de influêcias e estilos musicais!

O termo boia fria se refere aos trabalhadores braçais que trabalham no campo, quase sempre em períodos de colheitas. A expressão “boia fria” vem do modo como eles se alimentam, pois saem para o trabalho de madrugada levando o almoço em marmitas e, como não existem meios para esquentá-las, eles comem a comida fria. Eles trabalham arduamente até doze horas diárias. Foi uma inspiração. A gente trabalha muito na produtora e aqui não existe glamour: é mão na massa mesmo, pro que for preciso. No final de 2010, depois de levar a Banda Black Rio e a escola de samba da Portela para shows na Copa do Mundo, na África do Sul, decidi estruturar a Boia Fria Produções e profissionalizar meu trabalho na área cultural. Além de trabalhar com música, atuamos também na área editorial, que está diretamente ligada à minha paixão pelo jornalismo. Atuamos na venda, produção de shows, agenciamento e comunicação integrada de artistas e de eventos culturais, além de ser uma editora e selo musical. Também oferecemos serviços de produção de conteúdo jornalístico, edição de livros, roteiros para cinema, elaboração de projetos culturais, entre outras atividades. Costumo dizer que somos facilitadores culturais, em lugar de produtores culturais. Nosso principal objetivo é promover entretenimento com qualidade e facilitar o acesso à cultura para todas as pessoas. Nosso foco é a música negra, especialmente Soul e Hip Hop. Já atuamos com nomes como Azymuth, Seu Jorge, Banda Black Rio, Tom Zé, Edi Rock, Kl Jay, Racionais MC’s, Mano Brown, Emicida, Edi Rock, Dexter, DJ Paulão, Rosana Bronk’s, Hyldon, Lino Krizz, Luis Vagner, Nathy MC, Negra Li, Lady Zu, Tony Tornado, Paulo Diniz, Ed Motta, BNegão, Paula Lima e Gerson King Combo, entre tantos outros.

Il termine Boia Fria si riferisce ai lavoratori che lavorano nei campi. Quasi sempre in periodi di raccolta. L’espressione “boia fria” viene dal modo come loro si alimentano, perchè solitamente portano con sè un pranzo freddo al sacco. Lavorano duro fino a a12 ore al giorno. E’ stata un’ispirazione. Lavoriamo molto qua nel mio ufficio e qui non esiste “Glamour che regga” ! Mani in pasta e olio di gomito! Alla fine del 2010 dopo aver portato la Banda Black Rio e la scuola di samba Portela per lo show dei Mondiali in Africa del Sud, decisi di strutturare e creare la Boia Fria Produzioni e poter continuare il mio lavoro in modo professionale. A di là di lavorare nell’ambiente musicale,lavoriamo nell’area editoriale, seconda mia passione legata al mio lavoro di giornalista. Realizziamo vendita e produzione di shows, agenziamento e comunicazione integrata per artisti e eventi culturali, sono editrice e etichetta musicale. Offriamo collaborazione per progetti culturali. Il nostro obbiettivo principale è di promuovere l’ intrattenimento con qualità e facilitare l’accesso alla cultura per tutto il pubblico.

Qual foi a maior satisfação da sua carreira?

Qual è stata la maggiore soddisfazione della tua carriera?

Como jornalista, foi entrevistar o Dalai Lama, na casa dele, em 2004. Como produtora cultural, foi muito gratificante fazer um show que reuniu a Banda Black Rio, Pee Wee Elis (que foi diretor musical de James Brown), Arthur Maia, Ed Motta e Negra Li em um show em homenagem a James Brown que fizemos em 2013, no Back2Black Festival, no Rio de Janeiro. Também fiquei muito satisfeita quando tive a oportunidade de trabalhar com o Racionais MC’s, que são o principal grupo de Hip Hop no Brasil, e com o Mestres da Soul, que a Boia Fria Produções lançou no ano passado. O projeto reúne os ícones originais da soul music no Brasil: Banda Black Rio, Azymuth, Paulo Diniz, Di Melo, Luis Vagner, Carlos Dafé, Tony Tornado, Lady Zu, Gerson King Combo e Hyldon.

Come giornalista, quando intervistai il Dalai Lama, a casa sua nel 2004. Come produttrice culturale, fu molto gratificante lo show che feci nel 2013 per celebrare James Brown con la Band Black Rio ,Pee Wee Elis ( direttore musicale di James Brown) Arthur Maia, Ed Motta e Negra Li al ToBlackFestival di Rio de Janeiro. Altra grande soddisfazione fu quando lavorai con il piu’ grande gruppo rap brasiliano Racionais MC’s e con Mestres da Soul , l’anno passato. Il progetto riunisce icone della musica soul in Brasile: Banda Black Rio, Azymuth, Paulo Diniz, Di Melo, Luis Vagner, Carlos Dafé, Tony Tornado, Lady Zu, Gerson King Combo e Hyldon.

Geralmente, um pessoa que trabalha com música precisa saber o que é a música para ela, as emoções e a vida cotidiana. Eu sei que voce é tambem compositora…

Generalmente una persona che lavora con musica deve sapere cosa la musica rappresenta per lei, le emozioni e la vita quotidiana.

So che tu sei anche compositrice..

Pois é… O meu lado compositora nasceu depois que eu comecei a trabalhar com música. Foi muito curioso o que aconteceu, porque eu segui no meu primeiro ano como produtora cultural atuando ainda como jornalista e, em certo momento, percebi que teria que optar por uma das duas áreas. Como repórter de jornais diários, eu nem me dava conta do quanto eu precisava me concentrar para escrever minhas matérias, eu escrevia uma média de quatro a cinco matérias por dia. Em 2009, trabalhando com a Banda Black Rio e escrevendo uma matéria especial para a Folha, fiquei insatisfeita com o meu texto. Sou extremamente exigente comigo mesma e tudo o que eu me proponho a fazer precisa ser bem feito, senão não rola. Neste dia, decidi que não seria mais repórter. No mesmo dia, tomando banho, veio minha primeira melodia. Cantarolei para o William, da BBR, pra ele me dizer que música era aquela. Ele me disse que eu tinha acabado de compor. Na mesma hora também já veio a letra dela. Se não fosse o William, que é meu parceiro em todas as minhas composições e quem materializa as canções pra mim, talvez eu nunca fosse uma compositora. De lá para cá devemos ter feito quase 30 músicas. A música, pra mim, é vida. Tudo é música. Quando estou triste, ouço música; quando estou alegre, também. Toda hora é hora de ouvir um bom som. O fato de artistas como o próprio William, Seu Jorge, Mano Brown, Paulo Calasans, Marina Lima e outros aprovarem e elogiarem minhas composições me dá muito orgulho e uma satisfação imensa. Acho que um diferencial da minha atuação no meio musical é que acabei virando amiga pessoal da maioria dos artistas com quem trabalho, e acredito que a minha sensibilidade musical tenha colaborado para que isso acontecesse.

Esatto.. il mio lato da compositrice nacque dopo che cominciai a lavorare nella musica.

E’ stato curioso, il primo anno lavoravo ancora come giornalista e iniziai come produttrice culturale, ma poi mi sono detta che dovevo optare per una delle 2 aree. Come reporter , neanche capivo quanto tempo spendevo a scrivere articoli e a concentrarmi, scrivevo moltissimo da 4 a 5 articoli al giorno. Nel 2009 , mentre lavoravo con la Band Black Rio ,scrissi un articoli per il giornale di Sao Paulo, rimasi insoddisfatta del mio testo. Sono estremamente esigente con me stessa e tutto che mi propongo di fare, ha bisogno di essere ben fatto , se no non sono contenta e se no ovviamente non funziona. Quel giorno decisi di non essere piu’ reporter. Quel giorno sotto la doccia, ebbi in testa la prima melodia . La scanticchiai a William ,della Band Black Rio . Lui mi disse : hai appena composto una canzone. L’incentivo e la spinta di William furono molto importanti. Da quel giorno abbiamo scritto piu’ di 30 canzoni. Per me la musica è vita. Tutto è musica. Quando sono triste, ascolto musica,e anche quando non lo sono. In ogni momento amo ascoltare musica. Alcuni artista come Seu Jorge, William ed altri hanno elogiato le mie composizioni e questo mi ha fatto molto felice. Sicuramente l’amicizia e la stimo che nutro per queste persone ha permesso alla mia sensibilità musicale di venire fuori e di manifestarsi.

Chegaram momentos de tristeza, de dificuldade no seu caminho artístico? Você pensou de abandonar? Se sim, por que?

Hai avuto momenti di tristezza e di difficoltà durante il tuo cammino? Hai mai pensato di abbandonare tutto? Se si, perche..?

Tive muitos momentos de tristeza, dificuldades e decepções. O fato de eu ter empreendido sem ter nenhum sócio, investidor ou capital de giro dificultou muito as coisas. A verdade é que, apenas agora, seis anos depois de ter começado a trabalhar com produção cultural e quatro anos depois de ter criado a Boia Fria Produções, é que as coisas estão começando a melhorar financeiramente. Mas as maiores dificuldades foram decepções que tive com um ou outro artista no decorrer da caminhada. Mas a gente dá a volta por cima e se fortalece com as dificuldades da vida, né? Mesmo com elas, nunca pensei em fechar a produtora ou trabalhar em outra área. Não existe plano B. Esta é a minha missão nesta vida.

Ho avuto molti momenti di difficoltà,tristezza e malinconie.

Senza avere un capitale o investitore ha difficoltato molto le cose. Solo dopo 6 anni , ora la mia situazione comincia a migliorare finanziariamente parlando. Ma le piu’ grandi delusioni sono arrivata da alcuni artisti che ho incontrato nel mio cammino.. Ma alla fine ci riprendiamo e ci fortifichiamo con le difficoltà , non è cosi’? Anche dopo queste sconfitte non ho mai pensato di chiudere o di cambiare mondo. Non esiste un piano B. Questa è la mia missione nella mia vita.

Você se lembra da primeira vez que trabalhou como produtora? Como foi?

Ti ricordi la prima volta che hai lavorato come produttrice? Come è stato?

Lembro! Foi um show muito especial da Banda Black Rio com participação do Mano Brown, no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro de 2008. Foi muito gratificante e uma responsabilidade enorme. Mi ricordo si’. Fu in uno show molto speciale con la band Black Rio con la partecipazione del rapper Mano Brown , nel giorno della Coscienza Negra, fu il 20 di novembre del 2008. Questa esperienza fu molto gratificante ed ebbi una responsabiltà enorme.

A importância da formação artística… Voce é, alem de ser produtora, uma “talent scout”. Como você consegue identificar e comprender o potencial de um artista?

L’importanza della formazione artistica.. Tu sei una talent scount ,non solo una produttrice.. Come riesci a identificare e comprendere il potenziale di un artista?

Existem tantos talentos hoje em dia! Além da qualidade do trabalho, com a qual preciso me identificar para atuar com qualquer artista, gosto de tentar entender a essência dele. Acho que isso é o principal. Compreendendo quais as habilidades, estilo, influências, e outros aspectos, muitas vezes subjetivos, tento ver por onde é possível explorar o trabalho. Sem entender a essência do artista, não consigo trabalhar a carreira de ninguém. Acredito que hoje em dia, com a democratização do espaço de divulgação proporcionado pela tecnologia, especialmente pela internet, os artistas tem que assumir mais a frente de suas carreiras. Não existe mais ficar esperando uma grande gravadora atuar sozinha. As majors estão buscando nas gravadoras e produtoras independentes o know-how para entender essa nova realidade. Hoje, o público é o principal condutor (e até investidor, em muitos casos) do trabalho de um artista e é fundamental que eles, seus empresários, produtores, assessores de imprensa etc saibam usar isso ao seu favor. Talvez por eu ser da área de comunicação, assim como toda a minha equipe, minha produtora trabalhe a construção e/ou gestão da imagem do artista como impulsionador da carreira dele. A gente planeja, divulga e comunica para potencializar as vendas de shows e atrair a atenção do público, investidores e de formadores de opinião para o artista. Essa é nossa principal estratégia.

Ci sono tanti talenti oggi! Al di là della qualità del lavoro di un artista, prima di cominciare a lavorarlo, mi piace scoprire la sua essenza e lavorare insieme su questo.

Penso che questa sia la cosa principale.Senza capire l’essenza di un artista non posso lavorarci. Oggi con la democratizzazione dello spazio di divulgazione grazie alla tecnologia, soprattutto con internet , gli artisti devono cercare di pilotare bene la propria carriera. Non si puo’ piu’ aspettare una grande discografica che prende a mano il talento o che lavora da sola. I tempi sono cambiati. Le majors stanno cercando tra i produttori indipendenti proprio questo.. per capire questa nuova realtà. Oggi il pubblico è il principale mezzo ( e anche chi investe ,in molti casi) deve sapere come muoversi per usare questo mezzo a suo favore. Pianifichiamo,investighiamo e comunichiamo per potenziare la vendita degli shows e attrarre il pubblico . Questa deve essere la nostra principale strategia.

Você trabalha com famosos artistas brasileiros. Conta pra gente isso…

Tu lavori con famosi artisti brasiliani.. raccontaci un po’.

Nossa, a vida realmente tem sido muito legal comigo nesse sentido! Trabalho com vários artistas que sempre admirei e que nunca imaginei estar ao lado. Hoje, não temos exclusividade de nenhum artista, mas trabalhamos com vários deles. Gosto muito de atuar na concepção artística, unindo diferentes artistas e criando ou ajudando a criar novos conceitos a partir de conceitos já consolidados. Foi assim ao fazer a ponte para juntar o Seu Jorge com o Edi Rock, o Mano Brown com o Guilherme Arantes, o Dexter com o Ed Motta, a Banda Black Rio com o Chico Cesar, e por aí vai. Às vezes os próprios artistas não valorizam o que a gente, como produtora e articuladora cultural, faz, além de haver muita vaidade no meio. Mas o importante, pra mim, é que eu sei do que já fiz e pretendo fazer muito mais bagunça nesse meio de campo! Rs.

Mamma mia! La mia vita è stata generosa con me ! Lavoro con vari artisti che ho sempre ammirato e non avrei mai pensato di poter stare al loro fianco. Oggi non ho esclusiva con nessun artista ma lavoro con molti di loro. Mi piace lavorare unendo diversi artisti e creando o aiutando a creare nuovi concetti a partire da concetti già consolidati. Ho unito ponti e artisti ad esempio Seu Jorge e Edi Rock, Mano Brown con Guillerme Arantes… etc… A volte i nostri artisti non ci valorizzano e a volte c’è molta vanità tra questi stessi artisti. Ma so quello che ho fatto e questo l’ho fatto con il cuore e vorrei fare ancora piu’ “rumore” in questo mondo che è la musica.. (risa)

Conte qual seu maior segredo, o que o público não sabe sobre você.

Qual’ è l’aspetto di Mariana nascosto al pubblico..

Nossa, que pergunta difícil… Ao mesmo tempo em que sou uma pessoa bastante extrovertida, sou também muito tímida. Minha comunicação e exposição são muito mais eficazes quando estou em alguma situação informal ou escrevendo, que é o que mais gosto de fazer. Se me colocam num palco para dar uma palestra ou mesmo na época da escola, para apresentar um trabalho de classe, eu fico apavorada. Como repórter eu sempre fui completamente cara de pau e sem a menor vergonha de fazer entrevistas, mas é porque não era repórter de televisão, mas sim de texto escrito. Acho genial ser compositora hoje, mas gostaria de ter a coragem e a segurança necessárias para subir num palco e mostrar meu som. Taí um desafio pros próximos capítulos. Só falta eu acreditar e enfrentar esse medo.

Che domanda difficile ! Allo stesso tempo sono una persona estroversa e timida. La mia comunicazione e esposizione sono efficaci quando sono in situazioni informali o quando mi trovo a scrivere,cosa che mi piace molto fare. Se mi mettono su di un palco , per una conferenza , o mi ricordo anche quando ero a scuola per essere interrogata, divento timidissima.. e mi spavento. Come reporter invece , ho sempre avuto una “faccia tosta” . Trovo geniale essere compositrice di canzoni,oggi, ma vorrei trovare la forza e il coraggio di salire su di un palco per presentare le mie composizioni. Sfida per i prossimi capitoli.. Devo solo crederci e provare a sconfiggere questa paura!

Você consegue resistir à pressão e ao estresse que o mundo da música comporta?

Riesci a resistere alla pressione e allo stress che questo mondo comporta?

É muito amor pelo que eu faço! Rs. A pressão e o estresse não vem da música, como você mesma coloca na sua pergunta. Ela vem do mundo da música, do show business. É muita vaidade e panelinha, e eu sou um pouco avessa a isso. Acho que isso tira a possibilidade de mais pessoas mostrarem sua arte e seus trabalhos. É o tipo de coisa que acontece especialmente no Brasil, o show business funcionam demais na base do lobby. Trabalhar com grandes artistas é fácil, difícil é abrir espaço para artistas pouco conhecidos ou que são rejeitados por preconceito. Assim segue o som, sem sair do tom. Desistir não existe no meu vocabulário. Ho molto amore per quello che faccio.

La pressione e lo stress non vengono dalla musica, ma come tu mi dici dal mondo della musica e dallo show business.C’è molta vanità e “Mafia” , e io non sono molto mafiosa in questo ! anzi per nulla! Penso che questo tolga molto a persone che vogliono mostrare la propria arte e il proprio lavoro.In Brasile funziona molto cosi’. Il mondo della musica è una Lobby.Lavorare con grandi artisti è facile, lavorare con i piccoli e aprire spazi a questi è difficile.Continua cosi’ il suono, senza uscire di tono ! Mollare mai, questa parola non esiste nel mio vocabolario.

Se a sua vida fosse uma música, qual seria? Por que?

Se la tua vita fosse una musica quale sarebbe e perché?

Ah, tem tantas que já foram ou são trilha sonora da minha vida! Mas acho que eu escolheria minha primeira composição que, como diz uma amiga, é praticamente autobiográfica. Rs. O nome dela é “Folia do amor” e a letra é assim: Eu vou sambar de madrugada / Até raiar a alvorada / E a batucada vai recomeçar. / Paguei promessa pros santos ó pai oxalá / Não vou chorar / A alegria não pode cessar. / Caminhada / Tão doce manhã / Deixei a minha dor / Nessa folia de amor. /Salve a folia do amor! Se não valer, me diz que eu escolho outra.

Ah tanti brani sono stati colonne sonore della mia vita.Ma penso che scegliero’ una mia composizione, che praticamente è autobiografica.Il suo nome è “Follia di amore” , le parole dicono: Eu vou sambar de madrugada / Até raiar a alvorada / E a batucada vai recomeçar. / Paguei promessa pros santos ó pai oxalá / Não vou chorar / A alegria não pode cessar. / Caminhada / Tão doce manhã / Deixei a minha dor / Nessa folia de amor. /Salve a folia do amor! Se não valer, me diz que eu escolho outra

Come você imagina seu futuro?

Come immagini il tuo futuro?

Com muita música e belas realizações! Estou vivendo um momento profissional muito importante. Após 4 anos engajada no mercado cultural, a Boia Fria Produções percebeu a necessidade de criar um espaço para comercializar produtos dos artistas que já são nossos parceiros e também formar um banco de talentos de novos nomes, movimentos e tendências. Como eu disse anteriormente, nossa produtora, que já conquistou alguma notoriedade no meio cultural, tem como missão facilitar parcerias e promover a diversidade de opções culturais, por meio de propostas e projetos inovadores. Vamos lançar no mês que vem, em novembro, a Bendita Loja, uma loja virtual coletiva, com foco em produtos ligados à arte, à música, ao grafite, trazendo à tona novos conceitos, ideias e nomes do cenário cultural brasileiro, estampados em camisetas, canecas, almofadas, azulejos… Além dos artistas, o espaço também atenderá marcas e produtos ligados à música e outras expressões culturais. Este novo conceito de comércio digital coletivo está alinhado com o momento atual da comunicação digital, baseado em ações colaborativas, interativas e de participação social, permitindo ações que não dependam da mídia convencional. Isso é meu futuro mais próximo e concreto. Para mais adiante, tenho mais planos, todos ligados ao universo da música e da cultura.

Con tanta musica e belle realizzazioni. Sto vivendo un momento professionale molto importante. Dopo 4 anni nel mercato musicale, la Boia Fria Produzioni sta per creare uno spazio per commercializzare prodotti per gli artisti che sono già nostri partners e creare un gruppo di nuovi talenti e nuovi nomi,movimenti e tendenze. Lanceremo il prossimo mese in novembre la Bendita Loja , ovvero un negozio virtuale colettivo, con prodotti legati all’arte,musica,graffiti, portando nuovi concetti,idee, nomi dello scenario culturale brasiliano, stampe di t-shirt,lo spazio avrà prodotti legati alla musica ed espressioni culturali. Questo nuovo concetto del commercio digitale collettivo è allineato al momento storico di comunicazione digitale, basato su azioni collaborative,interattive e partecipazione sociale, permettendo azioni che non dipendono dalla midia convenzionale. Questo è il mio futuro piu’ prossimo e concreto. Ho altri piani , riguardanti poi l’universo musicale e culturale.

Novos projetos?

Nuovi Progetti?

Sim, a Bendita Loja, especialmente. Na Boia Fria Produções, pretendo focar em projetos grandiosos e bastante conceituais, como o Mestres da Soul e grandes encontros de Hip Hop, como o SP R-A-P, que faremos no dia 30 de novembro, em São Paulo. Será um evento gratuito que vai celebrar a cultura de rua ao longo de onze horas de duração. As apresentações levarão ao palco os quatro elementos do Hip Hop (grafite, break dance, mestre de cerimônia e DJ), unindo crianças, adultos, homens e mulheres que têm em comum a entrega e a dedicação a esse movimento urbano, cuja capital brasileira é, indiscutivelmente, São Paulo. O público terá a oportunidade de assistir a nomes já consagrados, como Bnegão, Mano Brown, Flora Matos, Pathy de Jesus, Kl Jay e Thaide, assim como a novíssima geração de crianças que já fazem do rap seu caminho e também rappers da nova geração, que estão obtendo cada vez mais destaque no cenário, como o Rincón Sapiência, Karol Conka, Rapa da Godoy e MC Gra, entre outros. Si,la Bendita Loja, sopratutto. E vorrei focalizzare le mie energie su progetti come Mestres do Soul ( Maestri del Soul) grandi incontri di musica Hip Hop come il Sao Paulo R-A-P , che faremo il 30 di novembre a Sao Paulo appunto.

Sarà un evento gratuito che avrà come obbiettivo di celebrare la cultura di strada in 11 ore di evento. Sul palco ci saranno i quattro elementi base dell’hip hop ( graffiti,break dance, maestro di cerimonia (MC) e dj) , tutto questo unendo bambini,adulti,uomini e donne che sono fans di questo movimento urbano, la cui capitale indiscutibilmente è proprio Sao Paulo. Il pubblico avrà l’opportunità di vedere sul palco artisti come : Bnegão, Mano Brown, Flora Matos, Pathy de Jesus, Kl Jay e Thaide e anche la nuovissima generazione di rap come Rincón Sapiência, Karol Conka, Rapa da Godoy e MC Gra.

Follow Me

Walter Nicoletti

Founder at Voce Spettacolo
Walter Nicoletti è un produttore, filmmaker, attore e fonda Voce Spettacolo nel 2013. Laureato in Giurisprudenza. E' portavoce italiano della Notte degli Oscar® - European Oscar Party (2018-2019).
Walter Nicoletti
Follow Me

Walter Nicoletti

Walter Nicoletti è un produttore, filmmaker, attore e fonda Voce Spettacolo nel 2013. Laureato in Giurisprudenza. E' portavoce italiano della Notte degli Oscar® - European Oscar Party (2018-2019).

You may also like...

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *

4 + 6 =